Tecnologia do Blogger.
RSS

*A PRIMEIRA VEZ*


O céu estava claro,
A lua quase dourada...
Alí no campo, eu e ela,
E não se via mais nada!
A pele suave,
As ancas expostas,
E eu tocando de leve
O macio de suas costas...
Não sabendo começar,
Olhei o corpo esguio,
Decidi por as mãos
Sobre seu peito macio...
Eu sentia medo!
Meu coração forte batia,
Enquanto ela bem lentamente,
As firmes pernas abria...
Vitória!
Eu consegui!
Tudo então melhorou...
Pelo menos desta vez,
O líquido branco jorrou,
Finalmente tudo acabou,
Mas quase que eu saio de maca!
Foi assim a primeira vez...

QUE EU TIREI LEITE DE UMA VACA!!!

"megamensagens.com/humor"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

7 poemas:

FERNANDA & POEMAS disse...

LINDO POEMA ANA MARIA... LINDÍSSIMO...ADOREI AMIGA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Anita disse...

Querida amiga desejo-te uma semana abençoada, repleta de realizações, novos sonhos e muito amor.
Que as bençãos divinas desçam sobre o teu coração e que os nossos laços de amizade se tornem cada dia mais fortes.
Deus abençoe a tua vida hoje e sempre!!!

Oh amiga deve ser bem engraçado tirar leite da vaca!!!
Beijos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Cleo disse...

Bom o poema, bem criativo.
Adorei a tua foto de chapéu, linda.
Beijos e uma terça iluminada.
Cleo

EternaApaixonada disse...

Querida amiga Aninha

Tão bom conseguir chegar aqui!
Ando meio ausente, mas não me esqueço das boas a fiéis amizades.
Que sua semana seja bem alegre, humorada (adorei o post... precisava rir...) e com muito amor em seu coração!
Beijos muitos

A.S. disse...

Ana Maria..

Adorei a subtileza do poema!


Beijos...

Tetê disse...

Muito bom... e eu, nunca nem passei perto de uma vaca! rs...rs...rs... Bjks Tetê

Dalinha Catunda disse...

OLÁ ANA MARIA,

Eu posso até imaginar,
essa grande aflição.
de quem na realidade
nunca teve em sua mão.
Um farto par de peitos
mas logo pegou o jeito,
e o leite jorrou então.

Um abraço,
Dalinha

Ocorreu um erro neste gadget