Tecnologia do Blogger.
RSS

*BOA TARDE, MEU QUERIDO!*

>
Agradeça ao sol ou à chuva. Agradeça à natureza por tudo
o que ela nos oferece de bom, e esqueça os pequenos transtornos
de trânsito, bancos etc.
Passar uma manhã sem ver você acordar seria pior, para mim,
do que uma madrugada perdida no Alasca ou na Sibéria.
A sua ausência só me causa frio e carência. Vai. Trabalha!
Quando você voltar terá todo o carinho que existe.
E a comida mais apetitosa também.

Com paixão,
Ana Maria Gonçalves.
(Cartas de Amor e imagens do GOOGLE)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*AMOR REITERADO*

Querido Rone,
Enquanto escrevo as palavras de amor que te dedico, me sinto muito feliz.
Esta carta, entre as tantas que vou te enviar a partir de agora, na verdade não
diz nada importante, apenas serve para reiterar o amor que sinto, esperando
que você corresponda sempre.

Eu te amo muito e enquanto estamos afastados, as horas passadas com os afazeres
do cotidiano são para mim um verdadeiro martírio. Fico contando os minutos
para poder estar ao seu lado. E algo mais, quando estivermos juntos,
pretendo matar todos os desejos, beijando-o com toda a paixão que sinto
agora. Enquanto isso querido, o melhor é ir trocando cartas, que serão
o paliativo para esta minha ansiedade.

Minhas mensagens não serão repetitivas, porque o amor que sinto por
você fará brotar toda a inspiração. Me despeço com um beijinho,
que na verdade será um beijão, na hora em que estiver
lendo esta cartinha.

Ana Maria Gonçalves. Uma foto é minha com montagem.
(Cartas de Amor e imagens do GOOGLE)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*SOU IRREMEDIAVELMENTE SUA*

MEU AMOR,

Sou irremediavelmente tua: este é o meu destino, pois mais do que
conformar-me, eu me alegro com isso! A possibilidade de não ter você por
algum dia, se não me estarrece pelo menos me apavora.

Como eu poderia viver sem o seu carinho e sem o providencial apoio do
seu colo, sempre a se fazer de travesseiro, para a minha cansada cabecinha?
Como eu poderia ser feliz sem o conforto das suas palavras, sempre meigas
e otimistas? Como eu poderia me sentir mulher sem o vigoroso toque das
suas mãos em meus ombros, nos gloriosos momentos em que fazemos amor? Você
me completa como ser humano, você me completa como mulher e (sem querer
alimentar a sua vaidade!) Você me completa como fêmea, pois sob o teu corpo
e o efeito dos seus beijos não há raciocínio que possa resistir.

Por outro lado, você é um prolongamento de mim e eu sei que também não
resistiria muito tempo à minha ausência. Da mesma forma que me coloco em
suas mãos, sei que você está em minhas mãos, mas quero que você entenda
isso não como ameaça, mas como confirmação de um grande amor, pois não me
importa nada em estar em vossas mãos e nem pesa tê-lo em minhas mãos,
pois sei que sempre usaremos as mãos para distribuir carinhos um para o outro.

Sou irremediavelmente sua, preciso de você. E sou tão sua que não tomo
essa confissão como uma entrega, sou sua porque confio em você tão
plenamente que jamais me furtaria em fazer qualquer coisa que pudesse
aliviar um sofrimento seu ou provocar-lhe algum prazer, fosse ele qual fosse.

Um beijo da tua mulher,
Ana Maria Gonçalves.

(Cartas de Amor e imagens do Google)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*OS DOIS*

Ele e ela, amantes,
Nos relevos do convívio
E desarmonia conjugal.
Revivem emoções no presente.
Negam virtudes do passado.
São desencontros de ideais,
Nos humildes umbrais do tempo.
É a busca do amor salutar.

O presente deve ser o realce
Da vida conjugal a dois.
Ela se prontifica a ser amante, erra.
Ele, no reflexo da ira,
Da insensatez, do ciúme,
Da insegurança solapando a mente,
Das amarguras recalcadas, erra,
Volta a pedir perdão. Ela também.

Um novo começo, um novo sofrer.
Mas, segue no incompetente labor.
Não encontram a razão do viver,
Nos duelos do desconvívio.
No resgate da confiança,
Nos respeito das palavras,
Das ofensas incontroláveis.
Dois seres de amor inverso,
Na separada sofrida, sem reconciliação.

(Emoções por Inteiro e imagens do GOOGLE)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*O AMOR VEM E VAI...*

Você me conquistou de um jeito,
Ali estavas sentando
Ouvindo uma canção,
Pois meu amor por ti
Crescia a cada dia
Sem nenhuma explicação.
Ao anoitecer penso em você
Olhando as estrelas,
Peço um desejo:
Quero te ter nos meus braços.
Mas você me revoltou,
Bagunçou meu coração
O amor que não sentias por mim
Comecei a sofrer por ti
Com fraqueza e dor
Com sangue em minhas mãos
Curei meu coração.
Eu te amei
Mas cansei,,
Derramei lágrimas,
Afinal, se secou minha alma
Pois, não quero mais sentir
O que um dia senti por ti.
(Revista MINUANO e imagens do GOOGLE)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*AMOR CONSTANTE*

Foi outra emoção vivida ante
O por do sol no céu brilhante,
De uma nação assaz gigante,
Colorida, joguete de farsante.
O corrupto, de governo agonizante,
Sem ouvir a juventude denunciante.
Quem é você que vê e não garante
Que uma chaminé de nuvem errante
Instala mil sombras no céu micante
Ofuscando o raio de luz dançante
Do astro que vai nascer doravante
Do outro lado, num dia deslumbrante.
Divagando com pensamento mirabolante,
Vi começar num fim de tarde distante,
Um amor que se abriu com fé marcante.
Fui ao ponto de encontro na noite andante,
Ela chegaria para mim sorrindo radiante,
Com um beijo em cada face mui tocante.
A noite chegou trazendo-a triunfante,
Junto ao balcão de um bar restaurante,
Orquestrando uma canção emocionante,
Saudando sua chegada provocante.
Ela, divinamente bela, impressionante,
Marcava sua presença sempre elegante.
Eu, solene, sereno, mas confiante,
Fazia-me cortês,romântico, insinuante.
Ela e eu, de mãos dadas, eu tremulante,
Rumo à mesa decorada, alva, abundante,
Juntos, num colóquio glorificante,
Conseguimos atar um futuro palpitante.
Agora, esmagando meus olhares penetrantes,
Com nossos cabelos brancos esvoaçantes,
Ela e eu, duas conquistas consagrantes,
Partindo para momentos deslumbrantes.
Cinquenta anos de amores solidificantes,
Compartilhando nossas emoções sufocantes.
Nossos egos vaidosos chamuscantes
Com as chamas de dois corações amantes.
Tempo e idade se mostram arrogantes:
-Agora serão platônicos os amores de antes.
São desejos amordaçados, delirantes,
Mas vividos por dois seres apaixonantes.

(Emoções por Inteiro e imagens do GOOGLE)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*O ABRAÇO*

Pedi-lhe um abraço apertado
Daqueles de se perder o fôlego.
Ela sorriu e estendeu o braço
Para um amplexo forte e sôfrego.

Ao sentir do seu corpo o calor
Estremeci das bases à cabeça.
Nunca sentira num abraço o amor
Tão profundo; espero, não pereça.

Aquele abraço ímpar, amoroso,
Serviu de inspiração mui feliz:
Um soneto ardente, caloroso.

Agora, ouço-a dizendo: - Luiz...
Num arroubo de ternura e desejos,
Com seus lábios repetindo beijos.

(Emoções por Inteiro e imagens do GOOGLE)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*A FOTOGRAFIA*

Modelo nu,
Mulher, morena clara,
Açoitando meus olhos,
Formas carnais belas,
Olhar feito de malícia,
Busto moldado de poema,
Ventre, vaso de penugem
Ornando seu pudor.

São coxas roliças,
Unindo-se em suaves gestos,
Aprisionando sensualidade.
Modelo nu, corpo belo,
Profissional, fotogênica,
A imagem singela, colorida
De um calendário enorme,
Na parede da oficina do Zé.

(Emoções por inteiro)
(Imagens do Google)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*INSÔNIA*

Os suspiros se sucedem
No sentimento do homem
Amargurado pela doença
Da grave solidão real.

São sinais atordoantes
De uma existência fixa
Nas sombras das lutas.
É o delírio das vozes.

A paz do sono não vem.
O alívio do amor faliu
Ao sentir sua solidão.
Ficou a insônia mania.

A noite ficou em claro
E o dia é mais escuro.
A vida ficou mais dura
Com sua inútil tortura.

Sono e sonho não darão
A sensação de um vácuo
De treva imobilizante,
Que suspira a solidão.

(Emoções por inteiro)
(Imagens do Google)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Ocorreu um erro neste gadget