Tecnologia do Blogger.
RSS

*QUEM ÉS TU?*


idosos - Recados Para Orkut


Os anos vão desmaiando as tuas células
e tua pele vai-se encolhendo no frio da velhice.

As rugas vão dobrando teu rosto, tuas mãos...
dobras que formam sarcásticos sorrisos sem dentes.

Os cabelos se camuflam de branco, fogem de ti
para não ver o tempo que vem a cavalgar,
irremediável.

As pernas, antigamente ágeis, cambaleiam,
como se brincassem de desviar do vento que passa.

As mãos, na dança da desritmia, tremem sem emoção,
num tremor incontido, num vai-e-vem sem fim.

Os olhos brilhantes, assemelham-se a vidros
molhados, parados, perdidos no rosto,
cansados da corrida da visão...
A voz rouca e mansa, mansa e rouca sem grito,
sem vibração convincente de força e poder...

Os lábios murchos como as flores sem terra e água,
lábios que se abrem e fecham sem dizer o quê...
As costas curvadas sob um grande fardo invisível,
arqueadas, fazendo do homem
um "Hércules" impotente...
Eis aí a matéria gasta, eis aí a casca do ser.

Lá dentro algo espera que a máquina de carne pare;
depois seus irmãos a jogam numa cova funda
e serve de espetáculo para batalhões de vermes.
A roda-viva da vida é assim: de comedor passa
a ser comida; de glutão passa a ser alimento!

...E a matéria morta, fétida, putrefata,
se desintegra da forma e parte para outras.
Aí a roda-viva da vida volta curiosa e irônica,
e de fazedor-de-fezes se transforma nas próprias.

Eis aí a matéria, tão fraca e tão imponente.
Pobre humanidade que preza e venera o perecível
e despreza, a gargalhar, o espírito, que é eterno!

"LIVRO: SORRINDO, Neimar de Barros, p.63"


*Feliz aquele que consegue alcançar a velhice*
***Ana Maria Gonçalves***

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*ESTOU OUTRA VEZ APAIXONADO*


Estar apaixonado
é um sentimento maravilhoso,
uma espécie de primavera do coração.
Tudo fica colorido.
Se estás apaixonado, tudo volta a ser belo
e luminoso.
Há muitas maneiras de estar apaixonado.
Mas, em nossa sociedade complicada,
neurótica e cheia de problemas,
há uma forma de amor que, mais do que
qualquer outra, nos faz falta:

O AMOR ÀS COISAS SIMPLES DO DIA-A-DIA!

As descobertas dos últimos tempos
não são descobertas de sabedoria,
mas de velocidade.
Não te levam a avançar um só passo
no caminho da felicidade.
Volta a descobrir as coisas simples:
o encanto da amizade, as flores para um doente,
uma porta aberta,
uma mesa acolhedora,
um aperto de mão,
um sorriso,
o silêncio de uma igreja,
o desenho de uma criança,
uma flor que desabrocha,
um pássaro que canta,
uma fileira de árvores,
um regato,
uma montanha,
uma vaca...

A vida transforma-se em festa
quando sabes desfrutar
das coisas simples do dia-a-dia.
Que maravilha!
Estou outra vez apaixonado pelas coisas simples!

As pessoas têm muita dificuldade
para amar-se de forma duradoura.
Isto acontece até no casamento.
Depois da primeira fase
do "Amo-te até a morte",
chega-se à amarga conclusão
de que sequer se está disposto, no dia-a-dia,
a morrer pelo outro.

"A Alegria de Viver, Phil Bosmans,p.80,81"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*A FORÇA DO VENTO*


Um vento que sopra, que canta.
Um vento que é forte e arranca
os troncos da esperança,
tentando fazer brotar
as cores que o vento quer.

Um vento que assusta,
que traz medo e angústia.
Um vento como o uivar de um lobo,
que amedronta, mas não destrói
as profundas raízes de um povo herói.

Um vento covarde e inseguro.
Um vento doente, com medo da gente.
Um vento que nos faz tremer,
com medo de a gente crescer.

Um vento que é gritante,
no gesto, é ditador.
Vento que um dia não levantará
nem poeira.
E nossas raízes terão as cores
que o vento terá que aceitar.

"A Cortina do Sol, Fábio Rachid, p.79"


Adoro Sua Visita - Recados Para Orkut

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*SERVIR LIVRE*


Sou sempre alegre e calma de coração.
No ódio, amanso, e no perdão ponho
Caminhar confiante a rigor.
Eu no silêncio vivo e resguardo e
Construo os dias que me assegura
Desde o seu amanhecer ao entardecer
Que vejo as estrelas.

Percorro chão de muitos lugares
Nas minhas meditações
E harmonizações,
E vejo no destino... o "servir"
Ando, auxilio em sigilo,
Venço os abismos sem temer
Para o meu fardo levar e cumprir.
Desde o início até o fim...

A todos procuro dar a minha voz
A inúmeros saciar os seus sentimentos
Nas esperanças... Que em cada gesto murmuro
Para muitos refletirem e fazê-los felizes.
Sou compreensiva, tolerante e vejo
no íntimo seu, todas as ambições.
Faço esquecidos os ignorantes
Discordo de todos os seres,
Sou dotada de intelegência e razão
com isso sou agente de vida,
Sou humana e obreira,
Que no alto leva o símbolo e criação, e ouço
Do mestre que disse em parábolas:
"Viver, servir livre de consciência e
Por convicção hoje e sempre"!...

"Eu, Alguém e a Natureza, Elviro Siqueira"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*A DOENÇA DO MUNDO*


O mundo adoeceu,
respira com dificuldade.
A natureza vive triste,
preocupada com seus filhos.

O mundo chora profundo,
derrama lágrimas
que trazem a destruição.

O mundo ama seu povo
e não quer ser destruído de novo.
O mundo precisa da gente.
O mundo está carente.

Vamos curar esse mundo,
devolver a beleza,
respeitar a natureza.
Assim sairemos desse leito.

Teremos um mundo mais perfeito,
seremos merecedores desta casa
e o mundo não chorará mais por nós.
Salve o nosso Criador.

"A Cortina do Sol, de Fábio Rachid, p. 49"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*O TEU SOL DE CADA DIA*







Aceita cada novo dia que nasce
como um presente, como uma dádiva
e, se possível, como uma festa.
Não te levantes muito tarde.
Olha-te ao espelho, sorri para ti mesmo,
dá-te um bom dia!
Assim estarás treinando
para dizê-lo também aos outros.
Se conheces os ingredientes do "sol",
podes prepará-lo tu mesmo
como tua refeição diária.




e acrescenta muita paciência:
paciência contigo mesmo,
paciência com os outros.
Não esqueças a pitada de humorismo,
ótimo para digerir as contrariedades.
Mistura uma boa dose de interesse pelo trabalho.
Rega tudo com um grande sorriso
e está pronto o teu sol de cada dia.

"A Alegria de Viver, de Phil Bosmans, p.110"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*ECO DA PAZ*


Inteligência Deus me deu, vontade
de lutar eu tenho, amizade
nunca perdi, só ganho;
esperança não me falta.
Gosto de viver o presente,
não preocupo com o passado,
o futuro me espera, gritando;
lentamente um eco entoando,
vibrando
em meu ouvido.

O desequilíbrio não me rodeia,
não me leva para trás,
como as folhas das árvores
que são levadas pelo vento.
Ouço o eco da paz
e do viver.

***Ana Maria Gonçalves***

MAIS ESPAÇO AO AMOR

A espiritualidade,
entendida
como um sentimento
de busca de transcendência,
de valor e sentido para a vida,
está presente em todas as culturas,
faz parte da essência
do ser humano. Este sentimento
estimula o crescimento
de outros, como tolerância,
generosidade
e compreensão para com o companheiro,
aumentando a afetividade.

"Luiz Alberto Py"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*AMOR SIM, VIOLÊNCIA NÃO!*






Amor é a luz das luzes a todos os fins...
Violência é a cegueira da alma.
Amor é o magnetismo instrutor de todas as conquistas...
Violência é a fraqueza maligna e tombadora.
Amor, vibrações dos céus em bênção e razões...
Violência é a covardia anônima e mortífera.
Amor é o mistério do próprio "Amor" infinito e criador.

Violência treva de todas as ruas.
Amor é conhecer profundo e fecundo.
Violência é a arma dos incompetentes e invejosos.
Amor é a estrela divina de todas as nobrezas...
Violência é o final de tudo antecipado a destruição.

Amor é a chave única para alcançar todos os desejos da alma.
Violência é a imprepotência dos petardos
por serem mal interpretados.
Amor é a renúncia a todas as ofensas...
Violência é a força da ignorância.
Amor é o código para a felicidade...
Violência é tornar as vidas em abismo sem fim...

Amor é a afeição total da alma...
Violência é a feição dos hipócritas.
AMOR SIM!
VIOLÊNCIA NÃO.

"EU, ALGUÉM E A NATUREZA, de Elviro de Siqueira, p.59"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*NINGUÉM*


Jorge morreu na rua.
Muitos curiosos. Um engarrafamento.
A ambulância leva-o para o necrotério.
Durante três dias ficam à espera de um parente,
de um amigo, de um conhecido para identificá-lo.
Ninguém aparece.

Depositam-no na câmara frigorífica.
Que absurdo! Há um frigorífico
para as "pessoas encontradas".
Está lá há quinze dias.
Ninguém comparece.
Numa tarde, levam-no num furgão
para o cemitério,
como um "objeto perdido".

Jorge era um homem
solitário no meio da multidão.
Os homens já o tinham sepultado há muito tempo.

"A Alegria de Viver, de Phil Bosmans, p 9"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*BEM SABES...*


Bem sabes que há pessoas humildes, pobres.
Bem sabes que estão sozinhas, são fracas e vulneráveis.
Bem sabes que há lágrimas que ninguém enxuga.

Bem sabes que não há maior tristeza que a de um
coração imcompreendido.
Bem sabes que, para alguns, a vida é uma dor
insuportável.
Faze o possível para compreender e ajudar
essas pessoas.

Penetra no sofrimento e na solidão delas. Desce
de teu trono da auto-suficiência para o vale
das pessoas solitárias e doentes. Sê bom!
Esforça-te por compreender a indizível saudade
de felicidade que, por vezes, as pessoas
exprimem por anseios e desejos insensatos.

Construirás, assim, tua própria felicidade.
Em tua solidão e fraqueza florescerão, assim,
maravilhosos momentos que te erguerão bem além
do ritmo cotidiano da vida. Terás um coração
tão grande capaz de aliviar todas as
pessoas e de abraçar todas elas.

Só na ternura encontrarás a consolação final
para todos os que vivem no frio de nossa
sociedade gelada, dirigida pela burocracia
e pelos burocratas.

"A Alegria de Viver, de Phil Bosmans, p. 36"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*NATUREZA VIVA*


rosas - Recados Para Orkut


Um dia, em algum lugar,
alguém avistou uma roseira, aproximou,
e pode ver os mais afiados espinhos,
desconhecendo a beleza das rosas.

Um dia, em algum lugar,
alguém olhava o escuro da noite,
desconhecendo a beleza
da constelação.

Hoje, aqui, alguém avistou uma roseira.
Aproximou, e pode ver as mais lindas rosas,
desconhecendo o escuro da noite.

Hoje, aqui, alguém descobriu
que um dia, em algum lugar,
alguém não queria,
ou talvez não podia, entender
as belezas da vida.

"A Cortina do Sol, de Fabio Rachid, p.51"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*LEMBRANÇAS*


Nascí no meio das pedras onde as noites eram vazias,
eu nem podia sonhar.
Meus olhos estavam vendados
e nada eu podia ver.
Brinquei de palhaço sem circo
rodei como um papel no redemoínho
cantei os mais desafinados tons
por todos os palcos que a vida me ofereceu.

Desgarrei com a chegada do vento,
e, confuso, fui rolando no tempo
à procura de um solo mais firme.
O destino me levou pra bem longe
onde eu podia sonhar.
A vida me deu um sorriso,
e um circo pra gente brincar.

Cantei em todos os tons e todos queriam me ouvir.
À noite eu sempre sonhava
com as pedras de onde saí.
Nascí no meio das pedras,
onde sonhos, eu não queria ter.
Meus olhos estavam vendados porque eu não queria ver.

As pedras têm formatos diferentes,
e podem rolar em várias direções.
A vida oferece muitos caminhos,
e, quando estamos sonhando, temos
que estar com os olhos bem abertos
para escolher onde é melhor passar.

"A Cortina do Sol, de Fábio Rachid, p. 22"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*DEUSA*


Hoje, ao entardecer,
as nuvens traziam em suas bordas
a mais bela silhueta avermelhada
traçando o perfil de uma mulher.

Hoje, ao adormecer,
pensei ter ouvido o som
de uma voz macia, que a muitos
anos me fazia dormir.

Acordei chorando, e você ao lado
de minha cama tentando me acalentar.

Mulher, maior que a silhueta deixada
no céu, mais bela que o pôr do sol.

Mulher Mãe.

"A Cortina do Sol, de Fábio Rachid, p.15"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*A SOMBRA*


Vejo a sombra dela
com sua silhueta,
projetando a imagem
da carne modulada.

Estreitada na cintura,
busto saliente, belo,
rompendo a luz na parede
bem à sua frente.

Nádegas sincronizadas,
invulgares, abóbodas
da perfeição sonhada,
figurando na sombra.

Só isto, nada mais,
a figura de Vênus
emoldurada pelo sol,
projetando sua sombra.

Nua, de pé, ao sol,
escondida de todos.
Vejo pela greta,
apenas a sombra dela.

"Livro: Emoções por Inteiro, de
Luiz Contart, p.58"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*ALFABETO DO AMIGO*


amizade - Recados Para Orkut


QUEM É O AMIGO?

O amigo é a resposta às tuas necessidades.
É o campo que semeias com amor
e colhes com gratidão.
Ele é tua mesa. É o calor do teu lar:
para ele corres em busca de alimento,
por ele procuras com anseios de paz.
Quando teu amigo te revela seu pensamento,
não guardes na mente o teu "não",
não mantenhas em segredo o teu "sim".
E quando ele guarda silêncio,
teu coração não pare de escutar o seu coração.
Porque na amizade todos os pensamentos,
todos os desejos, todas as expectativas
brotam sem precisar de palavras
e se partilham com silenciosa alegria.

"LIVRO: No Jardim do teu Coração
Edições Paulinas"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*ORAÇÃO DE UM ARREPENDIDO*


Perdoe-me porque, um dia, não toquei
Em seus loiros cabelos cheios de maciez.
Perdoe-me pelos versos que não lhe dei
Por falta de coragem, excesso de timidez.

Perdoe-me pelas horas que eu não vivi
Estendido, como raios-de-sol, em seu colo.
Perdoe-me pelas veredas que eu segui,
Chutando a paz, como pedras no solo.

Perdoe-me, se soou minha voz pra outro canto,
Não levando a você as minhas frases.
Perdoe-me, se eu fiz da dor seu manto
E não olhei suas lágrimas nessa fase.

Perdoe-me , amor, pelas ausências bruscas,
Quando você estava sozinha a me esperar.
Perdoe-me pelas minhas inveteradas buscas
Que eu dei por mim, sem nunca me encontrar.

Perdoe-me, estou sonolento, estou confuso
E tento desvendar meu real sentido.
Perdoe-me minhas retrações, meus abusos.
Em troca, receba a oração de um arrependido.

"Livro: SORRINDO, de Neimar de Barros, p.62"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*A MÁQUINA E O HOMEM*


Não perca seu coração de criança,
que faz tanta falta, no mundo agitado,
violento e tecnizado de hoje...
Vitórias estupendas vem registrando o
engenho humano, domesticando a técnica,
criando computadores eletrônicos,
multiplicando utensílios eletrodomésticos,
sempre mais eficientes, colocando homens na Lua...

Diante dessa deusa moderna, a técnica,
onipresente, dominadora,
o ser humano dobra os joelhos,
sem dar-se conta que está sendo
DESUMANIZADO, gradativamente.
Sem dar-se conta que está sendo
desumanizado dia após dia...

Paradoxo terrível, humilhante:
a máquina destronando o próprio homem,
que construiu a máquina...

O dono da máquina, virando ESCRAVO da máquina,
parafuso de engrenagem,
ficha perfurada de computador...

Feliz de quem, neste mundo violento
e tecnizado, de hoje, conserva seu coração
de criança e sua identidade pessoal...

Afortunado o coração, que ainda acredita no amor.

"Roque Schneider, Ed. Paulinas"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*HÁ SEMPRE UM NOVO AMANHECER*


Assim como:
em um adulto há sempre uma nova criança,
em um coração bom há sempre um novo
sentimento de ternura,
em um rosto há sempre um novo sorriso,
em um pecado grave há sempre
um arrependimento.
Em uma produção há sempre um novo fruto,
em uma amizade há sempre uma nova união,
em um circo há sempre um novo espetáculo.
Em um esforço há sempre uma nova recompensa.
Em um erro há sempre uma nova
oportunidade de aprender.
Eu acredito e posso dizer:
Há sempre um novo amanhecer...

"Samantha Zacharias A. Silveira, Repórter
-mirim número 9.441/89-GO"


PENSAMENTOS:

"Amigo, faze o bem: esse prazer dispensa
a maior recompensa".

"Aqueles frutos saborosos que teu vizinho
colhe, às vezes, a cantar, custaram, com
certeza, os trabalhos penosos de alguém
que já sabia que nunca, em sua vida, os
colheria. Mas nem por isso, deixou
de plantar".

"A maior grandeza da vida é cultivar virtudes
e não saciar prazeres e vícios mundanos".

"Milene Silva Caixeta, Repórter-mirim
número 2.410/89GO"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*COMO É O AMOR?*


Amor - Recados Para Orkut


O calor do sol
abre todas as flores,
e o amor
abre todos os corações.
Qual flor sem perfume,
assim é o coração sem amor.
E o amor, à maneira de jardim,
há de se cultivar cada dia,
todos os dias.
Amor que diariamente não se manifesta,
diariamente vai morrendo.
Todo amor que se semeia,
cedo ou tarde
florescerá.
Para que o nosso caminhar
não seja inútil,
vamos semear flores
por toda parte.

"Kalil Gibrán"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*HOJE TEM BOLO*


Hoje aniversário dessa garota linda.
Ana Luísa é minha sobrinha.

Esses são os pais de Ana Luísa.
Marcos Vinícius e Patrice.
São meus sobrinhos queridos.

Ana Luísa com toda sua graça.
É uma criança esperta, linda e inteligente.

Esse é meu irmão, vovô de Ana Luísa.


Parabéns minha linda princesa!

Nesse dia do seu aniversário,
A titia Ana Maria lhe deseja tudo de
maravilhoso. Que cada dia da sua vida
você possa iluminar cada vez mais nossos
dias. Amo muito você.
Sou feliz por tê-la como sobrinha.
Alguns momentos acho que sou um
pouquinho sua vovó.
Muitas felicidades!
Muitos brigadeiros!
Muitas balas, bolo e refrigerante!
Parabéns princesa!
Beijinhos iluminados!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

*SER JOVEM*


Ser jovem, meu filho, é tão simples!
É ter no coração o brilho de uma estrela!
É ter no peito a ânsia de horizontes.
É viver a vida como centelha de eternidade.

Ser jovem, meu filho, é apoiar-se nos dias
de hoje e arremessar-se para o futuro.
Ser jovem é encher o coração de esperança
e as mãos de trabalho.

Ser jovem é iluminar a terra
com a luz dos seus olhos!
É aquecer o mundo com a sua própria chama!

É despedir-se da luz do poente
com uma estrela-d'alva nos olhos.
É saudar cada manhã com um poema de vitória!

Ser jovem, meu filho, não é ter
vinte anos de idade!
É ter vinte anos de vida e
uma vida toda de entusiasmo e otimismo.

"Vida, Amor e Juventude, de Euclides
Carneiro da Silva, p.30"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Ocorreu um erro neste gadget