Tecnologia do Blogger.
RSS

*SEJ A UM ARBUSTO NO VALE*


Orkutei.com.br



"Se você não puder ser um pinheiro no topo da colina,
Seja um arbusto no vale - mas seja
O melhor arbusto à margem do regato:
Seja um ramo se não puder ser uma árvore.

Se não puder ser um ramo, seja um pouco de relva,
E dê alegria a algum caminho:
Se não puder ser o almíscar, seja, então, apenas uma tília,
Mas a tília mais viva do lago.

Não podemos ser todos capitães; temos de ser tripulação.
Há alguma coisa para todos nós aqui.
Há grandes obras e outras, menores, a realizar,
E é a próxima tarefa que devemos empreender.

Se você não puder ser uma estrada, seja apenas uma senda,
Se não puder ser sol, seja uma estrela.
Não é pelo tamanho que terá êxito ou fracasso -
Mas seja o melhor do que quer que você seja."

(Douglas Malloch)
(Imagem da internet)


*DICAS DE HOJE* BOA IDÉIA:

AS UTILIDADES DO CAFÉ:

1- Você pode utilizar o pó de café usado para lavar galheteiros
e vidros de azeite, para clarear pias brancas e o chão da
cozinha. Depois de fazer a faxina esfregue um pouco do pó usado
em suas mãos: elas ficarão suaves e macias.

2- O pó de café ficará como se fosse moído na hora se guardado
em um recipiente fechado dentro da geladeira.

3- Depois de fazer café, use o pó que ficou no coador para
desintupir a pia. Ele também é ótimo para
espantar formigas de dentro do armário.

(Guia Astral)
(Imagem da internet)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

8 poemas:

HSLO disse...

Belo, belo, belo...adorei a reflexão.
E essas dicas ai sobre o café, que legal...amo café.


abraços

Hugo

Luiz Caio disse...

Oi Ana! Como vai?

Somos todos, muito importantes! Mas para tirarmos o melhor de nós,
Precisamos acreditar em nossa importância!

TENHA UMA LINDA NOITE!

Beijos

EDUARDO POISL disse...

"No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas que o vento
não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia
o próprio vento"

(Mário Quintana)


Desejo um lindo final de semana com muito amor, paz e carinho.
Abraços com todo meu carinho.

Valter Montani disse...

Amiga Ana,

Muito obrigado pelo carinho e amizade dedicada à mim e meu espaço durante todo o ano. Desejo boas festa à você e toda família e um ano novo repleto de realizações, bjs

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Ana Maria, belo post...Espectacular....
Beijos

Viviana disse...

Querida Ana Maria

Olá amiga linda!

Gostei tanto do seu poste...

Ao lê-lo demoradamente...fez-me lembrar

este poema que eu gosto muito e que é da autoria de uma grande poetisa brasileira, já com Deus, que se chama Myrtes Matias.

Já o recitei muitas vezaes... e quase o sei de memória.

Ofereço-lho com muito gosto.

“Somos caminhos que Deus usa.”

Senhor, do alto sei que vês melhor,
quanto mais se sobe, maior a visão;
Teus olhos abrangem a eternidade:
contemplam o sol em sua imensidade,
vêem o verme a se arrastar no chão.

Para que então ficar gritando ao mundo:
olha o que tenho, o que sei, que sou?
Se lá do alto vês o mundo todo,
Tu sabes, Senhor, onde eu estou.

Tu sabes por que vim ao mundo,
tens uma missão pra mim.
Nada mais falta que submissão,
dizer – Ordena. Abrir o coração.
Ouvir a ordem e obedecer assim:

Sem importar a obra que a mim couber,
ou o lugar em que meu campo esteja.
Pode ser obscura minha atuação,
o que me importa é Tua aprovação,
ser tudo aquilo que queres que eu seja.

Talvez não tenha a sorte das estrelas
que belas cintilam, dando inspiração.
Talvez meu campo seja o mais mesquinho;
que me importa, se me tornar caminho
por onde passe a Tua compaixão?

Foram caminhos os servos do passado,
através de História um traço de luz:
Abraão, Moisés, José, Rute, Davi,
Jonas, Ester foram no tempo aqui
apenas caminhos em direção da cruz.

Os que vieram depois também são caminhos
por onde a graça de Jesus passou
em busca do oprimido e do aflito,
caminhos que se fundem no infinito
no Único Caminho que um dia me salvou.

Agora, Senhor, a minha prece:
eu quero a graça de participar,
se não posso ser um caminho brilhante,
faze-me atalho na serra distante
mas onde o mundo veja Teu amor passar.

Usa-me, Senhor, durante todo o tempo,
para que no dia em que voltar ao céu,
possa dizer-Te, com um sorriso doce:
- Nada fiz, nada ajuntei, eu nada trouxe,
na terra fui apenas um caminho Teu.

Espero que goste e que aprecie.

Um beijo

viviana

Tetê disse...

Ana: um prazer recebê-la na minha preparação para o Natal. Hoje, terceiro domingo do Advento, acabo de atualizar! Bjks Tetê
http://tempodecelebrar.blogspot.com

Daniel Savio disse...

Tente ser o que é, e com isso ache a tua felicidade...

Achei interessante o texto "seja um arbusto no vale".

Fique com Deus, menina Ana Maria.
Um abraço.

Ocorreu um erro neste gadget