Tecnologia do Blogger.
RSS

*MINHA METADE*


Anestesiada estou no sono que encontrei
Semi paralisada
Semi adormecida
Metade de mim entregue
Metade de mim prostrada
Pensamentos turvos anuviados
Sono sem sonhos
Sonhos apagados de lembranças mortas
Metade de mim somente neste torpor
Metade de mim que procura,
que busca e que se perde...
Só metade de mim.

(H. Sonhador)
(Imagem da internet)


*DICA DAQUI, Ó!*

Para amolecer carnes,

caso ela já esteja assada, junte um pouco de conhaque.
Para carnes cozidas, acrescente vinagre ao caldo.

(Jornal DAQUI)
(Imagens da internet)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

8 poemas:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA ANA MARIA, QUE SAUDADES DE TE LER, MARAVILHOSO POEMA E UMA DICA, QUE EU DESCONHECIA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Daniel Savio disse...

A poesia é algo no estilo entre o sono e acordar com o amado...

Fique com Deus, menina Ana Maria.
Um abraço.

Silvana Nunes .'. disse...

Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog, cheguei até você e gostei do que vi, tanto que pretendo voltar mais vezes.
No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da tela do computador está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar cuidado. Em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Nós professores temos a faca e o queijo na mão, temos conteúdo para isso. Dá trabalho sim, mas nada paga a sensação do dever cumprido, faz bem para a alma. VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR ! SIM, NÓS PODEMOS.
Se gostar da minha proposta, siga-me.
Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois às vezes a mensagem entram com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero que entenda quando não puder responder. Os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !

Luiz Caio disse...

Oi Ana! Como vai?

Não podemos nos perder por completo, e não podemos deixar de arriscar, buscando uma saida... Metade de nós é lógica, metade é ousadia!

TENHA UMA LINDA SEMANA!

Beijos

DE-PROPOSITO disse...

Metade de mim entregue
-----------
Impossível!... A entrega tem de ser total. Entregar metade, não dá.
----------
Fica bem.
E a felicidade por aí.
Manuel

Dalinha Catunda disse...

Olá Ana Maria,

Gosto de passar por aqui apreciar seu bom gosto na escolha dos textos.
E beber na fonte de suas dicas.
Um abraço,
Dalinha

o que me vier à real gana disse...

Olá Ana Maria!

De cozinha não percebo absolutamente nada. Minto, sei fazer ovos mexidos.
Quanto ao poema, quando as coisas redundam em metades soa-me a equilíbrio... e isso é bom.

Bjs

Magnun disse...

ANA MARIA ESSE BIFE SEU ESTÁ PARECENDO UMA PERERECA FRITA,
MAGNUN,

Ocorreu um erro neste gadget