Tecnologia do Blogger.
RSS

*QUANDO FLORA O IPÊ*


Como é bonito ver o ipê que flora,
Pelo cerrado no mês de agosto.
Com tanta seca, tanto cinza exposto
E tanta aridez pelo campo afora.

O amarelo-roxo, abre, revigora
Feito um doce alento a bater no rosto
Como se Deus ali tivesse posto
Um sopro de vida, num mundo que chora.

Olhando o cerrado, penso agora em mim!
Ando distorcido, ando tão descrente
Como há muito tempo,
Não me via assim.

Mas minha cabeça, esperançosa vê,
Que no meio de tudo in-sis-ten-te-men-te
...Flora lá bem longe
...Um pequeno ipê...

"Jenário de Fátima"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 poemas:

M. Nilza disse...

Oi!!

Cheguei pelo blog do Daniel e vi que vc tem algumas afinidades comigo. Vim conhecer seu cantinho e adorei os poemas e as imagens lindíssimas.

beijos e bom sábado

DE-PROPOSITO disse...

Um sopro de vida,
---------
As árvores são mesmo vida. E presenteam-nos com as suas flores, a sua sombra e muitas outras coisas.
Fica bem.
E a felicidade por aí.
Manuel

Anônimo disse...

OIII......
Amo flore... especialmente Ipês...
fiquei ncantada com as imagens bilissimas...
lindo!!!!!!!!!
bjosssss

Ocorreu um erro neste gadget