Tecnologia do Blogger.
RSS

MENINA DA ALDEIA


Quando eu tinha 13 anos, conheci um moço.
Namoramos como um conto de fada. Eu menina, ele mais velho.
Ele cantava com meu irmão. Eu toda envaidecida ficava
observando, com jeito de criança; pernas cruzadas e
desajeitada. Modos de crianças ou adolescentes.
Seu nome: Joaquim Luís. Namoramos dois anos, e um certo dia
ele pediu minha mão em casamento. Foi aceito. Só que eu
ainda inexperiente, não quis continuar. Ficamos amigos.
Música que cantava e oferecia para mim.

Te conheci criança quando você morava na aldeia
Você era uma menina feia de chinelinhos nos pés
Sempre despenteada saia rasgada nas cadeiras
O dia inteiro abanando a peneira na colheita do café.

Te encontro agora completamente diferente
Tão bonita e atraente um encanto de mulher
Queria tanto ser o seu primeiro namorado
Seu marido apaixonado cheio de amor e fé.

Menina da aldeia, há quem me dera se eu pudesse agora
Voltar de novo ao tempinho da escola
E com você novamente estudar
Menina da aldeia lembro-me ainda
Como se fosse agora
E no caminho lhe tomava a sacola, só pra ver você chorar.

Quem diria que você iria ficar tão bonita
Não usa mais o vestido de chita
Nem a sandália de amarrar
Ficou moderna agora, lindas curvas na cintura
Parecendo uma escultura, delicada no andar.

O tempo transformou aquela menina feia
Num corpinho de sereia, um encanto de mulher
Queria tanto ser o seu primeiro namorado
Seu marido apaixonado
Cheio de amor e fé.

música de Lourenço e Lourival

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 poemas:

Viviana disse...

Olá querida Ana Maria,

Mas que bela e elegante a minha amiga está nesta foto!

A história que nos conta é interessante.

Daquelas histórias que nuitas de nós temos para contar!

O primeiro namorico.

Ai! como a vida tem tanta coisa, não é?

Não sei onde guardamos tanto?

A minha irmã diz de mim, que a minha vida está cheia que nem um ovo!

E acho que ela tem razão!

Mas sabe, mesmo assim tão cheia... continuam a suceder coisas novas!

A música e a canção sãolindas.

Um beijo, amiga linda e elegante!

viviana

Denise Ceciliano disse...

Que Deus possa confortar o coração da familia dele...
beijo!

Anita disse...

Hoje vim te deixar um presente.
Um abraço.
Mas não é um abraço comum.
Ele é muito apertado. Com ele quero demonstrar o carinho que sinto por ti. O desejo que tenho em te ver sempre feliz e sorrindo.
Beijos no teu lindo coração e que sejas sempre feliz!

És muito linda amiga!
Bom fim de semana.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Andreia do Flautim disse...

Olha tu tão bonita na foto!

Regina disse...

Tia, achei linda esta homenagem, graças a Deus que ele está vivo.
Qndo encontrá-lo, faço questão de
contar e mostrar seu blog com a historia de vcs.
Muito linda,Parabéns.Bjm.

Ocorreu um erro neste gadget