Tecnologia do Blogger.
RSS

MOMENTÂNEAS


Sombra do tempo,
sopro caloroso
e situação elevada;
alongamento estreito
e árvores tombadas.
Desejos imaginários,
derrotas presas,
angústias punhaladas
e ataduras graves.

Giro circular,
gosto labiríntico,
emaranhado confuso
e sinais cruciantes.
Pântanos escorregadios,
baldios,
pegadas momentâneas
e piso em falso.

*Ana Maria Gonçalves*

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 poemas:

Viviana disse...

Olá querida Ana Maria,

Está linda no foto!

Parabens!

Deixo o meu abraço carinhoso e o desejo de muitas bençãos dos cèus.

Viviana

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Ana Maria, bela fotografia...Belo texto...
Beijo

Andreia do Flautim disse...

Querida amiga, um bom fim-de-semana para ti!

Denise Ceciliano disse...

Lindo poema!
beijú!

Ocorreu um erro neste gadget