Tecnologia do Blogger.
RSS

*1-DE QUALQUER MANEIRA* *2-DICAS: PARA NÃO DEIXAR O NAMORO VIRAR UMA TRINCHEIRA*


*DE QUALQUER MANEIRA*

De qualquer maneira
Meu amor eu canto
De qualquer maneira
Meu encanto eu vou sambar.

Com os olhos rasos d'água
Ou com o sorriso na boca
Com o peito cheio de mágoa
Ou sendo a mágoa tão pouca
Quem é bamba não bambeia
Falo por convicção
Enquanto houver samba na veia
Empunharei meu violão.

Sentado em trono de rei
Ou aqui nessa cadeira
Eu já disse eu já falei
Que seja qual for a maneira
Quem é bamba não bambeia
Falo por convicção
Enquanto houver samba na veia
Empunharei meu violão.

(Candeia)
(Imagem da internet)

*DICAS: PARA NÃO DEIXAR O NAMORO VIRAR UMA TRINCHEIRA*

- Comece o namoro de forma sincera, deixando bem claras as
coisas que podem desagradar você. Não tente vestir um
personagem perfeito para o outro.

- Não permita que a primeira agressão aconteça. Diante de uma
pequena atitude mais alterada, que normalmente é verbal,
ambos devem conversar sobre o fato e o agredido tem de
deixar claro que isso não poderá se repetir.

- Lembre: quem se permite ser ofendido garante ao outro
o direito da agressão.

- O namoro é um momento de experimentar, se conhecer e ser
feliz! Se isso não ocorre, é um bom motivo para mudar de
parceiro.
(Loveteen)
(Imagem da internet)

-

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 poemas:

xistosa - (josé torres) disse...

Para não deixar morrer o namoro ...
bom mesmo é ir para a cama o dia inteiro.
Será???
Já estou velho para saber o que pensam os novos.

Um abração

Daniel Savio disse...

Amor não pode ser apenas choro, nem apenas fazer coisas para mante-lo vivo, tem de ser a ligação entre dois corações...

Fique com Deus, menina Ana Maria.
Um abraço.

Ocorreu um erro neste gadget